.:Lágrimas de Diamantes:.

Por que nunca é assim, tão simples: eu gosto de você, você de mim, pronto, estamos bem. Por que sempre tem uma dor, uma escolha, uma forma de machucar e fazer chorar. Por que no fim das contas nunca dá certo, nem abandonar o antigo e muito menos arriscar naquilo que é novo.

Por que tudo machuca demais, e não são escolhas de quem vai ao shopping e não sabe se usa o sapato preto ou o vermelho, e quem escolhe já está com os pés machucados pelos outros sapatos, mas ainda assim sabe que se machucará seja o que escolher...

Por que todas as unhas já foram roídas, o estômago já não funciona, o sono não existe, a febre não baixa e os cabelos insistem em cair, e nunca se sentiu tão perdida e dormente...

Por que não há conselhos, nem palavras, nem nada que ninguém diga que vai amenizar a coisa toda, ou vai fazer com que a decisão seja tomada, e as borboletas saiam do estômago...

Por que o mundo não pára pra que nos reconstruamos, e nem para que a gente possa pensar com clareza, tudo acontece caleidoscopicamente, e as únicas coisas que parecem seguir o curso normal de sempre são as lágrimas que corriam de seus olhos...

Por que não entendia o motivo disto tudo estar acontecendo, mal fazia um mês em que tudo estava perfeito, e agora era tudo vazio, dúvidas e solidão...

Por que não queria falar de si, e disfarçava falando de outro, mas todos sabiam que era pura mentira, e que na verdade não sabia disfarçar coisa alguma...

Por que quase nada fazia sentido em sua mente, e nem sabia o porque de tudo isto, mas apenas precisava descontar em algo ou alguém, e bem, por que não jogar pra cima de quem não tem nada a ver?

Por que estava tudo confuso, e acabado, e eram tantas coisas que não sabia o que fazer e nem como terminar...

57 Seus Mistérios:

Anônimo disse...

Algumas coisas mudam para não mudar realmente...
Respire e se inspire.

Lua Aaliyah disse...

ah sr. Anônimo... Não me confunda...
Que confusões eu já as tenho por sobra...

Anônimo disse...

Uma pessoa confusa pode estar nadando numa piscina de água mineral e ainda assim gritar.
-Tenho sede,me dê um copo!
Se dissesse algo direto não adiantaria nada , acho que vc crê que tudo tem um preço a se pagar uma mácula ou algo do tipo, não está pronta para confiar, aceitar ou falar com alguém que possa realmente fazer diferença nas coisas, então vai ter que ser do seu jeito.
"mudar para não mudar" é mais uma constatação do que conselho, o conselho mesmo é depois das reticências ... se quer uma conselho/opnião , seja lá qual for a situação, se pergunte. Se eu tivesse 7 anos, o que eu faria?
É uma boa forma de ser honesto consigo mesmo para começar.

Lua Aaliyah disse...

Mas é em relação ao que vem depois mesmo que eu falo...

Mudar para continuar sendo a mesma é um exercício que se põe em prática...
Como saber se não estou pronta a confiar?
aliás, o que é estar pronta a confiar? È chegar e contar o que acontece exatamente e seguir algo que me seja dito? confiar é isto, é ter de abrir a vida a alguém em busca de respostas?
Se eu tivesse 7 anos, o que eu faria? Eu respondo...
E você, se tivesse 7 anos, o que faria?

Anônimo disse...

Só posso dizer o que é confiar para mim... É algo opcional, não uma necessidade, mesmo assim você dá sua confiança, porque tanto faz o que você disser ou se disser ou não. Possivelmente a outra pessoa saberá se você mentir então não adianta dissimular para evitar piedade, porque a pessoa não sentirá piedade de você mesmo que você queira.
Alguém que te diga simplesmente o que fazer, pode ter algum interesse pessoal ou não, mas alguém que te apoia e ajuda a decidir seja lá oque for, esse alguém é confiável mesmo que não saiba que é.

O que eu faria eu já fiz.
(não vou dizer o que vc deveria fazer , eu não sou você.)

Lua Aaliyah disse...

Eu não quero você pra me dizer o que fazer. Aliás, de fato não quero ninguém me dizendo o que fazer, talvez quisesse apenas saber/sentir que independente do que eu fizer, vou achar saída...

Enfim... O que eu poderia fazer, talvez já tenha feito... Ou não faça jamais, uma vez que às vezes é por demais injusto impôr às pessoas que elas decidam o que deve ser feito. É sempre fazer o correto e se sentir um idiota.

Nem busco piedade. Nem minha e nem de mim. Qualquer coisa que me digam, haverá algo de pessoal. Qualquer coisa que eu faço, será uma atitude errada. Qualquer coisa que você me fale, me levará a levar este assunto cada vez mais adiante, sr. anônimo, então... talvez isto não termine hoje... Nem nessa semana...Nem nesse mês...talvez jamais termine...

Anônimo disse...

Pois.
Dizem que o fim justifica os meios para esconder que o fim não chega, e mesmo que chegasse não é com os fins que se convive, mas com os meios.
Então?

Lua Aaliyah disse...

Então...
Se é com os meios que se convive, nada resta a não ser deixar...

"Não vá levar tudo tão a sério, Sentindo que dá, deixa correr, Se souber confiar no seu critério, Nada a temer".

Até onde sentir que dá, é lentar levar os meios sem fazer mal ao outros, não?

Aliás, uma curiosidade, qual o seu conceito de "fazer mal a alguém"?

Anônimo disse...

Eu já acho que há muita coisa a se fazer é nos meios...(no bom sentido)

"Perfeição não é um lugar é uma estrada."
Troque perfeição pela palavra que quiser, se a palavra for 'deixar rolar' , então vai ser isso mesmo, se não é essa a palavra então troque por outra e viva plenamente do seu jeito. desCompliquei?

Fazer mal...hum, iludir alguém, desviar alguém do que faz bem a essa pessoa.
Quando alguém está bem esse alguém cresce, quando não está murcha, é pq falta ou sobra algo. Se é por causa de alguém, esse alguém faz mal.

Lua Aaliyah disse...

"Quando alguém está bem esse alguém cresce, quando não está murcha, é pq falta ou sobra algo. Se é por causa de alguém, esse alguém faz mal."

E é culpa desse alguém se a outra murcha?

Anônimo disse...

Como eu poderia saber? são muitas variáveis possíveis e eu não sou juiz mas vamos colocar assim.
Se você mora numa chácara , é culpa sua se as árvores mais distantes da casa tem alguma praga? Não, mas você poderia fazer alguma coisa? talvez. Valeria a pena ? Essas árvores dão saborosos frutos? elas estão muito distantes para você poder cuidar?
Outra situação, na sua janela há um cacto e é março, é culpa sua se o cactu morrer afogado? No mínimo omissão :)
Outra ainda a que eu acho melhor, duas plantas, não escolhem onde vão nascer, se elas nascem muito próximas vão atrapalhar um a outra, competir pela mesma luz e solo( a menos que sejam complementares como verduras e legumes), uma vai crescer e outra não, e não é culpa de nenhuma das duas.
Pessoas também são assim, vegetais que crescem, que murcham e que precisam de espaço e de companhia tb.

Respire e se inspire ou o contrário tanto faz.

Lua Aaliyah disse...

Você de fato se importa com tudo isto? Com o que vai, o que fica, quem cresce, quem murcha...



Vamos brincar um pouco de ser claros?

Quem é vc?
E por que tudo isto?

Anônimo disse...

Metade do que eu sou é o que eu quero que as pessoas pensem que eu sou, a outra metade é o que eu não consigo evitar ser.Qual está escrevendo anonimamente agora?

Saber um nome não mostra que você conhece uma pessoa...
Meu nome não é importante, mas as palavras escritas tinham e tem essa pretenção. E o motivo, só entenderia se conhecesse a pessoa, não o seu nome.
Em todo caso não tenho vontade de te dizer nenhum dos dois, nem o nome, nem o motivo.E se vocÊ se preocupar mais com o autor do que com o texto,a mensagem terá falhado lamentavelmente.

Anônimo disse...

Esclarecendo sem brincadeiras

Melhor terminar a brincadeira, apesar te ter gostado até aqui...
Não sou quem você esperava,desculpe não ter te desiludido logo no começo, mas eu me diverti bastante com isso, confesso. Logo o que foi escrito até aqui não deve te interessar muito e nem quem eu sou. Pois suponho que vc está mais interessada em certos pensamentos do que nos seus próprios :) (coisa de gente confusa).
Como dito, me importo com o que está perto de mim assim como com o que está mais longe, eu vivo num mundo cheio de pessoas. Você é uma pessoa assim como outras . Eu conheço você mas você não me conhece e no momento eu prefiro que continue assim.
Minha intenção sempre foi um único comentário, mas eu sempre respondo quando falam comigo, então uma coisa levou a outra.
Não quis te deixar paranóica como você já deve estar, se pergundando quem raios escreveu tudo isso e por que.
Eu escrevi porque eu quis, se você se chateou com algo é só não responder mais.E seja lá qual for a segunda intenção que você imaginar para mim eu não poderei mais executa-la.
ou podemos continuar jogando, vc escolhe.

Lua Aaliyah disse...

Tens uma leve mania de tentar querer adivinhar as pessosa...
Não perguntei seu nome, afinal, se vc posta como anônimo, eu sei o que quer dizer...
O "quem é você" teve sua bela porcentagem retórica pelo visto não tão bem compreendida.
Sim, tudo o que está sendo escrito me importa, mais além do que se lê e de quem escreve.
Não..saber um nome não significa nada... Nem q vc conhece... Afinal, "quem você mais ama certamente pode ser quem você menos conhece" (sim, frases de seriado às vezes parecem sérias).

Tuido o que foi/está sendo dito/escrito, pesa... Eu leio, considero. E se falo com você e vc me resposnde, é sinal de que ainda não acabou (e talvez esteja longe) de acabar.

Eu não estou paranóica, visto que algo semelhante já me aconteceu antes e o que ganhei foi algo maravilhoso.
MAs antes que vc tente me adivinhar, não espero ganhar nada desta vez. E nem que se repita nada, apenas, não me chateei como vc supôs acima. E nem fiquei "Oh meu deus, um maníaco!!!". Nada.. Apenas tenho gostado deste (d)embate. Gosto de dialogar com quem sabe e poder me expressar de forma argumentativa. Mas isto pra mim não é um jogo. Cada ponto, cada vírgula tem seu significado, mais do que a lógica que existe por trás de quem escreve isto tudo.
Não me subestime... Eu não subestimo você...

Lua Aaliyah disse...

P.S: Quem achavas que eu esperava que fosse???

Anônimo disse...

Pela minha atitude de querer ser uma luz sobre uma confusão, imaginei que vc imaginou que eu fosse a própria confusão ...

Jogo talvez não seja a palavra mais adequada,mas não são em todos os jogos que há vencedores e perdedores. Certamente não espero ganhar nada além do que já ganhei e tenho ganhado.
Não diria que subestimei você, talvez tenha superstimado a tal confusão, porque você parece bem atenta agora :D
Num mundo tão previsível muita gente tem uma leve mania de adivinhar, inclusive eu.
Parabéns, demonstrou seu ponto, talvez saiba mais de mim do que eu suponho e eu menos de você.

Anônimo disse...

Então a pergunta era por que eu me importo com o bem alheio? E o que isso tem haver com "quem" sou eu?

Lua Aaliyah disse...

Tem a ver sim... Talvez por ser algum traço de personalidade o fato vc se importar (ou não)... não sei... Seria você um ser bonzinho que quer todo mundo feliz??? (favor repare aqui a ironia, visto que este mundo de palavras somente escritas não possui entonação e nem olhar)

e bem, a confusão era (e é0 deveras grande, mas nem por isso fecho meus olhos ao que acontece ao meu redor. Posso estar numa piscina de água potável e reclamar de sede, mas vejo que há como eu chegar até a borda para então me tranquilizar e perceber bem se a água é mesmo potável.

Parabéns para mim? parabéns a você por saber levar adiante sem ser repetitivo ou se dar voltas e voltas para não dizer absolutamente nada.

Tens ganhado algo?
Todo dia a gente aprende, não é mesmo? diria que tenho aprendido algumas coisas com isto.

Sobre conhecer/desconhcer, isto é tudo muito relativo... O que vc conhece sobre mim? E esse papo de "você não me conhece, mas eu conheço você"... lição número 5 do livro dos maníacos, é? srsrsrsrsrs
=P

Apenas, sr. Anônimo, olhando de fora as coisas são de outro jeito. Não quero que me digam o que quero ouvir, até por que já me disseram tudo o que fosse possível e eu não quis ouvir.

Do texto que eu menos esperava algo surgiu a coisa mais espantosa do mês... rs...

E não busco sentido mais... Ou tento não buscar tanto, tentar ver mais e procurar menos.

Anônimo disse...

não, não sou um bonzinho e a explicação é até bem simples apesar de longa.

Se algo te desagrada, você se retira ou faz algo a respeito, não é mesmo?
Primeira constatação, pessoas existem em todas as direções :) aos montes, se você evitar uma situação, vai evita-la por toda a vida.
Segunda constatação, se está cercado sempre por elas, se as pessoas ao seu redor tem problemas, você está sempre cercado por problemas, se elas estão felizes você está cercado de felicidade.
Terceira constatação, é um pensamento utópico, não é possível tratar igualmente a todos e ter resultados iguais, por isso há distâncias diferentes entre diferentes pessoas, raiva, ciume, disputas, etc.
Quarta constatação, ação e reação se você diz para alguém algo que ela faz de errado a pessoa está pronta para ir contra você mesmo que ela saiba q vc está certo. O que deixa como alternativa aceitar , desde que ela tb te aceite,vocês somam em vez de disputar para ver quem tem razão, ninguém muda ninguém, todos são parte da mudança do ambiente. Todos ganham, inclusive eu (que calculei desde o princípio =p ). O contrário disso é a distância, não a física.

Talvez eu tenha insinuado alguma paranóia, não porque soubesse você paranoica , mas apenas porque queria continuar a conversa,rsrsrsr,Mesmo sem necessidade de chegar a lugar nenhum.

"Não é por que você não acredita em conspirações que eles não estão atrás de você."
Cap.1 livro dos maniacos .

Lua Aaliyah disse...

Hmm.. Ok, vamos lá que tá ficando interessante...
=P

Então não tem como fugir da primeira constatação, é?

se vc cria um ambiente de paz, vc fica em paz..Acaba Meio que ficando ligado à quarta constatação. se vc critica e a pessoa fica brava, se vc cria um bom clima, td fica na paz?

Bem... Tô no trabalho sem tempo de raciocinar direito... Ainda venho te responder decentemente quando der...

Mas tudo é assim tão calculado, então suas palavras são todas tão medidas assim?
ou há algum quê de espontaneidade?

Enfim..rs..não tô paranóica, mas deveras curiosa..mas relaxa q nada precisa fazer muito sentido ou levar a muitos lugares desde que se tire algo de bom da coisa...

Qual o capítulo 2 do livro dos maníacos???

Anônimo disse...

Não é tudo calculado não, eu não faço conta de cada passo não, só tenho uma atenção no "norte".
Uma coisa que li hoje, "Pessoas que topam são aquelas que andam de cabeça erguida".


Tai chi chuan verbal, alguém levanta os punhos e vc faz uma mimica...
Realmente são palavras muito medidas, mas não o tempo todo,com algumas pessoas se pode relaxar(verduras e legumes).
Premeditação em coisas fisicas e banais, se alguém passa o dia no computador, você convida essa pessoa para fazerem algo que não tenha eletricidade envolvida por N motivos, Mas se deixar isso claro, a pessoa vai inventar moda, vai dizer que você tem ciúme do PC(se tiverem esse tipo de relação) etc Vai crer que você quer mudá-la.
Só que não se trata disso, ou só disso e se for só isso melhor esquecer, você tem mais é que ficar sozinho.
Quando se faz algo sozinho você é A, quando alguem faz algo é B, se vão fazer algo juntos não será nem A nem B, será AB. É assim em qualquer atividade.
Então você premedita para demover alguém, mas em vez de fazer o que você quer , vocês encontram outra opção.O que demanda a terceira opnião, mas não falemos nisso agora senão vira equação do segundo grau.
Ceder, empurar, ceder, empurar, Taichichuan verbal. Ou então será sempre um perde para o outro, ou ainda toda vez vai ser cara ou coroa.
Já experimentei ganhar sempre e não tem graça, perder sempre nem se fala, moeda? nunca tentei. E o consenso é um eterno processo.

E tudo isso porque nem tudo pode ser falado ou explicado quando se quer, e o que pode ser falado tem uma melhor hora para ser dito.Duvida?(sei q n duvida) Experimente contar uma piada começando pelo final.

Lua Aaliyah disse...

Então...
Todos somos calculistas em nossas palavras...
e tudo o que dizemos, dizemos apenas por que é hora de dizer...

então nada é dito num rompante, sem pensar... portanto ninguém pode usar a desculpa do "falei sem querer", é isso?

O tempo todo quertem nos comandar, por todos os lados nos dizem o que fazer e como agir... é tudo muito mecânico e nem nos damos conta de que não comandamos nossas atitudes.
e sequernos irritamos com isso, afinal, é bem mais cômodo.

Contar uma piada pelo final faz a coisa toda perder o sentido. Se tudo tem hora pra ser dito, o que digo agora então?

Anônimo disse...

Vou ser um tanto franco e 'falar' um tanto mais já que chegamos no ponto do e agora?
Acho que você continuou o (de)embate principalmente porque queria saber por que eu , seja lá quem for, não quero que você venha a me 'conhecer' apesar de eu vir aqui ter todo esse trabalho, por sua causa.Tão somente isso.
Mas me pergunta outras coisas talvez para ter uma dedução ou me fazer dizer sem que vc tenha q perguntar ou pedir :)
Ao invez de perguntar diretamente. Isso é uma estratégia, mesmo que não seja consciente, e que esse seja seu jeito direto "se for o caso". Então de algum modo é calculado desse jeito que é.
É o famoso conhece a ti mesmo e ao outro.Por isso as vezes a comunicação é dificil.

A diferença entre dircursos e ações são as desculpas, elas são muitos úteis nos discursos mas não muito nas ações .
Por exemplo, acho que não tinha percebido ainda(viu é uma desculpa), que o motivo ia algo além e que ao menos um poquinho, eu queria era dizer o que ainda não disse e só estava enrolando, embromando para você perguntar o que eu ainda quero dizer.
É a hora certa de perguntar isso, se me perguntar eu digo.

Lua Aaliyah disse...

Se eu te perguintar o que você quer dizer? E o que é?

Afinal, você sempre querendo me adivinhar, sempre querendo conduzir, levar pela mão, e mostrar que teu A leva a meu B para resultar num C que vc já previa...
É tudo assim tão estático, tão sem liberdade que chega a ser estranho...

Diga-me com quem és franco e eu te direi quem és...

Anônimo disse...

omg
De que adianta liberdade e não saber o que fazer, não ter para onde ir, etc?
O que queria dizer é que quem adivinha não sou eu, e quem tem o reflexo de seguir não é você. O que eu prevejo é que duas pessoas confusas não vão a lugar nenhum, eis o meu porqueê. O porquê de querer me meter na sua confusão e ao mesmo tempo não querer me meter.
Ou na versão curta e grossa: Se eu me aproximasse demais de vc agora ficaria pirado,pq vc é maluca.

Já cozinhou né, uma receita é algo estático e sem liberdade? relacionamentos entre tipos de pessoas também podem seguir receitas, foi o que eu quis dizer, nada contra o "estado da arte", só que se você quer uma coisa e sair outra não dá para reclamar ou pedir desculpas. Mas claro, aceito que há situações sem mapas a seguir, mas exceção, não regra.

ps. eu não disse que meu A leva ao seu B quue leva a C. O que eu disse é que se meu A e seu B resolvem ir na mesma direção eles podem pegar um taxi que leva a C ao invez de só se encontrarem em C. O Caminho para C e C se confundem, percebe a diferença? é uma interseção, não uma intercessão.

Você acha estranho porque nunca tentou encarar assim antes, não por isso ou por aquilo, o novo é estranho.

franco? ... deixa isso para lá, não quero que vc diga quem sou mesmo ;p

(fiquei devendo, e agora taí)
capitulo 2 do livro dos maníaco
"Ele sabe que você sabe que ele sabe, a questão é o quanto ele pensa que você sabe e o quanto sabe realmente."
Quer escrever o capitulo 3?

Lua Aaliyah disse...

Eu sou maluca?

Essa sua mania de levar e conduzir as coisas...sempre presente.. Esta É uma constante

Duas pessoas confusas não vão a lugar algum, ok, entendi. E uma pessoa confusa e uma (aparentemente) decidida? Fazem o quê?

(Não sei se quero escrever, mas...)
Capítulo 3 do tal livro:
"Aponto teus defeitos para que me mostres quem realmente és"


E o capítulo 4? Será deixado em branco, escrito a dois ou... Vamos lá... Você parece bom nisso... Escreva-o...

Anônimo disse...

Do meu ponto de vista: "Duas pessoas uma confusa e uma (aparentemente) decidida?Fazem o que?" Não está definido quem é o que, mas não importa. Desse jeito elas só discutem/teimam :)
Talvez, os dois possam fingir(para os outros) que são decididos ou que são confusos para entrar em acordo 0_o ... assim, 3 dias da semana para a confusão e 3 dias para confiantes... Eo Domingo é o fim do mundo.

Ela o tacha de "maníaco controlador" para em seguida perguntar
-E ai como vai ser?
Isso tá engraçado XD

Lua Aaliyah disse...

Capítulo 4...

Anônimo disse...

ok, um pouco mais sério agora.

Se eu quisesse te controlar, aproveitaria agora para sugerir seriamente duas opções, ressaltando que você tem toda a liberdade para escolher, entre essas duas opções.
chamando a atenção para as sua liberdade de escolha e não para as minhas opções.
Algo como, você me diz que está com sede e eu respondo.
-Qual você prefere, coca ou guaraná?
-Guarana.
Eu compro, bebemos , vc fica feliz. nem percebeu que guarana e coca, são os dois que eu gosto, vê como são as palavras?
Tá eu sei que vc não tomaria o que não quer nem a paulada, mas foi so um exemplo, outro exemplo:
-Eu quero uma coca, você também quer né?(piscando o olho)
Que diferença hein! ou ainda.
-Você quer o que?
-Sei lá, compra o que você quiser.
-Coca cola?
-Não Pelo amor de Deus, coca não.
-Guaraná?
-Também não
-Maldição!!!(Imitando o macaco louco)
...
Eu não subestimo você :)
você faz suas opções e eu não quero jogar esse tipo besta de jogo.De pensar uma coisa e fazer outra e dizer outra.
Acho que entendi o que você quis dizer com "aponto seus erros para ver quem é"
Talvez não seja mania minha, só costume...
Mas eu acho que funciona melhor observar diretamente os pequenos detalhes da natureza da pessoa, para conhece-la.

quanto ao livro dos maniacos, sem pressa, vejamos o que acontece :)

Lua Aaliyah disse...

Hmmm...
Voltamos ao ponto do "eu te conheço mas você não me conhece"...

pulamos o capítulo quatro e voltamos ao cinco...

E quando de repente o assunto acabar ou simplesmente a gente cansar desse (d)embate que leva muito a lugar algum ou nada a todos os lugares?

"- Tá calor hoje, né?"

Anônimo disse...

Se eu não fosse paranoico ia achar que você está querendo me cativar, se fosse isso essa não é a maneira correta. Se eu não fosse paranoico já teria deixado várias pistas no caminho de como.

Eu não lembro de ter concordado com o cap.3, você pula o 4 e já está no 5 de novo e pensando no final...

Certo, ela não percebeu a inversão que fiz porque ela não planejou o que disse :) Então vamos mostrar a ela.

Logo após ela dizer "Não sei se quero mas...E o capítulo 4? Será deixado em branco, escrito a dois ou... Vamos lá... Você parece bom nisso... Escreva-o..."
Ela dá suas opções para que ele faça a sua escolha, com ênfase na escolha :D
Semelhante a um roteiro que escrevi depois né.

Se cansar é por que era ou se tornou cansativo e não divertido ou interessante. Mas por enquanto ainda não é, certo? O que é agora?

O cap.3 que vc escreveu não tem nada com maniacos. Mas não vou rescreve-lo ele é seu , vou ao 4 então.

Cap.4
Cuidado, quem você conhece talvez não seja exatamente o que você pensa que é. Confie no que você sabe , não no que vê.

Lua Aaliyah disse...

Opções? Que opções? eu IA dar opções, mas então as abandonei e disse que queria q vc escrevesse...

és paranóico? com o quê?
Mas olha só... e achando q eu ia estar paranóica... tsc..tsc...tsc..

e pra quê eu iria querer te cativar? talvez vc pensasse "ah, olha como ela é legal! Vou puxar assunto..." e com isso vc achou que eu talvez acabaria fazendo vc entregar sua identidade... foi isto? ledo engano, a estas alturas tanto faz e tanto fez... é importante pra vc?

O fim e nem o meio são importantes (apesar de td acontecer nos meios como vc diz), mas a motivação é o fato gerador.

Eu não lembro de ter concordado com nenhum de seus capitulos...
=P

O que é agora? Por que eu tenho sempre de responder... é o que vc quer que seja, uma vez que lhe é indiferente mesmo...

(Ou estou enganada?)

Anônimo disse...

As opções que você ia dar, são as opções que vc deu ;)
mudo o que disse, paranoia não, deve ser outra coisa.

Pra que vc ia querer me cativar eu não faço idéia mesmo! Provar isso então é mais difícil de provar que a homeopatia tem base científica , mas é o que eu acho dentro do campo dos achismos, se não for isso pelo menos estou dando idéia , huhuhu.

O que eu penso sobre isso da minha identidade "secreta" é o seguinte. "Ela deve pensar que o Anônimo só pode ser uma pessoa, mas pensa tb que há uma possibilidade, mesmo que remota, de estar errada" eu sou o erro ou o acerto ?(é uma pergunta retórica, não é pra responder).
Importante? não usaria essa palavra... é, não quero estar associado a essa palavra hoje.

Você não concordou com nenhum capitulo, vc só determinou um, pediu outro e escreveu outro :D e eu gostei disso.

Indiferente? não... Acho que as palavras que escolhi anteriormente te enervaram, só um pouquinho . Então para abrandar os espíritos, sem análises e sem apontar defeitos de parte a parte em diante, fechado?

Só mais uma última vez, rssssss.
Você se grila muito que os outros controlem sua vida e deixa a ansiedade te controlar, seja birrenta com ela não comigo que te quero bem(apesar de nem sempre dizer a coisa certa, ou de vc n acreditar)
=p

Anônimo disse...

Tenho escrito muito e falado pouco e o que eu quero é escrever pouco e dizer muito.
Me permite fazer uma pergunta ? Pois tenho tentado responder as suas como posso.

Lua Aaliyah disse...

Pergunte...

Anônimo disse...

Eis uma coisa que me interessa, quando você diz lá atraz "é sinal que não acabou".
Quão importante é para você e o que é essa coisa infindada e indefinida?

Lua Aaliyah disse...

Seu conceito de importância...?

Anônimo disse...

seu conceito! de importância

Quando alguém responde uma pergunta com outra pergunta...

Lua Aaliyah disse...

Enquanto houver algo a ser dito, questionado ou debatido.. É importante por que não foi esclarecido...
Exatamente por ser infindado; e em boa parte por ser indefinido, acaba se tornando importante...
Senão eu não estaria vindo todos os dias aqui ao longo das últimas 3 semanas para lhe responder, eu teria simplesmente dixado pra lá..

E há algo de relevante para vc nisto tudo, Sr. Anônimo???

Anônimo disse...

... O mesmo e o mistério que é você (longe de mim encorajar tal comportamento :)...
Importante mesmo é o que faz calar, relevantes muitas coisas são.

Lua Aaliyah disse...

MIstério?

...O maior mistério é não haver mistério algum...

Anônimo disse...

Então é um desses truques de mágica? Desses que vc esconde uma pessoa embaixo do pano , tira o pano e não tem nada embaixo?!
hehehe, pra que mistério maior do que esse XD

Lua Aaliyah disse...

É para você?
O que me dizes?

Ainda tem capítulos faltando neste livro....

Anônimo disse...

Tem sim, só não sei como serão escritos

Cap.6 eu acho
Quem vaga, acha a certeza injusta e a dúvida um benefício.Quem procura, acha alguma coisa e eventualmente perde outra de vista.

Que tal? concorda com esse?

Lua Aaliyah disse...

. . .

Anônimo disse...

sorvete com casquinha ou capuccino com tapioca?

Lua Aaliyah disse...

Te dou um doce se vc adivinhar...

Anônimo disse...

segunda opção.
o doce é para eu escolher ou é surpresa?

Lua Aaliyah disse...

Olha só que mocinho adivinhão...
=P

Mas..por quê logo essas opções? O q te levaram a ela?


(... vc merece escolher o doce?...)

Anônimo disse...

duas opções para dias chuvosos, kkkk.

Quem vai dar o doce é você, então o departamento de merecimentos é com você também. Se bem que não é questão de merecimento, é?

Se você for boazinha quem sabe ganha um doce também =P

Lua disse...

Boazinha? Como assim?

Anônimo disse...

Dependendo do tom da sua "voz"

Resposta um - legal, gentil, doce... não ficar enrolando. Se vc diz que vai dar um doce e depois diz que a pessoa não merece ou que vc mudou de idéia a outra pessoa não vai sentir vontade de ser legal de volta.
Resposta dois - "sofisticada pervetida" por que você diz que é hein? É por causa dessa imaginação?
Resposta tres - Se você confessar q quer ganhar um capuccino eu confesso que quero ganhar um doce, só que eu não quero sair perdendo, por isso perguntei se podia escolher o doce ;)

Lua disse...

Resposta um: Ah é? Pena, não sou boazinha...(e como pelo viosto vc sabe do meu orkut, logo sabe que eu escrevi q não era ali...)

Resposta dois: É possível... Mas tamanha imaginação, perversão e sofisticação tem direcionamento definido...

Resposta três: Acontece que vc não me deixou escolha... Esqueceu que eu não posso tomar sorvete...

Anônimo disse...

Se a opção fosse outra, vc ia deixar de escolher o capuccino?
;)

Você daria o doce que eu gosto? Já que você diz que não é boazinha... provavelmente eu tenha que escolher o que eu gosto sozinho.

Lua Aaliyah disse...

Dependendo da opção, deixaria de escolher sim...


Qual o doce que eu gosto?

Anônimo disse...

;/
os doces não importam, a atitude sim.

Tecnologia do Blogger.